Barões
continue publicando

Em meio à crise do coronavírus, especialista em conteúdo aconselha: continue publicando!

Diretor de Marketing da Animalz, uma das principais agências de conteúdo dos Estados Unidos, Jimmy Daly prega a “comunicação excessiva” por parte das marcas no atual momento

31 de março de 2020

Redação

Diante do ineditismo dramático das mudanças que a humanidade vive com a pandemia do coronavírus, todas as empresas estão reavaliando uma série de processos, a começar, por exemplo, pela adoção do home office como uma regra, em vez de uma opção. E dentro dessa nova realidade, uma pergunta certamente vem ecoando nos departamentos de marketing e comunicação pelo mundo: minha marca deve continuar publicando conteúdo durante a crise da COVID-19? De acordo com Jimmy Daly, Diretor de Marketing da agência de content marketing Animalz, sediada em Nova York, a resposta curta e grossa é sim, você definitivamente deve.

jimmy daly

Em um período de incertezas e medo como esse que o mundo todo vive, o marketing pode ser ganancioso e oportunista. Mas também pode ser genuíno e empático. A linha é bem tênue, segundo Jimmy Daly. Mas geralmente é bem óbvio quando a intenção de uma empresa é maliciosa. Por isso, o especialista não tem dúvidas em afirmar:

• O marketing acaba de se tornar ainda mais importante;

• Os clientes e a indústria na qual sua marca atua precisam de notícias suas.

O poder do conteúdo

Ninguém tem todas as respostas, como destaca Daly. Mas é importante que as marcas sejam proativas, se comuniquem com clareza e trabalhem de forma a estreitar cada vez mais a relação e a colaboração com seus clientes e parceiros, para enfrentar esta tempestade. 

“A palavra escrita é poderosa. Ela pode espalhar o medo ou proporcionar paz de espírito”, disse Daly.

Ao examinar atentamente as receitas, as vendas, a rotatividade, as despesas e toda a sua cadeia de suprimentos, as empresas buscam novas maneiras de manter seus negócios funcionando. E para isso, segundo Daly, elas precisam contar com seus funcionários, seus fornecedores e sua estrutura de software. Ao incutir confiança, afirma o especialista, você fortalece toda a cadeia de suprimentos. 

“Pode parecer pouco, mas essa confiança pode ter um efeito cascata. A sua continuidade nos negócios permite que outras empresas também continuem operando”, afirmou o autor.

Comunicação excessiva é necessária, diz Daly

Para Jimmy Daly, em momentos de crise como o que estamos passando, a comunicação excessiva é necessária. É importante para as empresas que seus clientes e fornecedores não fiquem imaginando quais são os planos de contingência que serão adotados. É preciso clareza.

“Por mais que você confie em seus fornecedores, seus clientes dependem de você. Portanto, procure comunicar detalhadamente como você lida com seu serviço e se os seus consumidores podem esperar alguma restrição. Lembre-se de se comunicar de forma excessiva”, escreveu Daly.

O especialista recomenda, por exemplo, que ao produzir algum conteúdo, as marcas, neste momento, se preocupem em comunicar para indivíduos. Sem qualquer preocupação com a otimização de palavras-chave ou títulos inteligentes.

“Seja claro e conciso. Seu público pode ser apenas um punhado de pessoas, mas essas pessoas confiam em você”, aconselha Daly.

Se você tem interesse em saber sobre como as marcas podem se estabelecer como publishers, assine nossa newsletter e receba o melhor conteúdo sobre Brand Publishing.