Barões


Como uma empresa de soldagem viabilizou o marketing de influenciadores

A Lincoln Electric procurava influenciadores na área de soldagem; veja qual foi a estratégia utilizada para identificá-los e, a partir daí, gerar negócios

19 de junho de 2019

Redação

Quando se pensa em marketing de influenciadores, ou influencer marketing, as marcas que vêm à cabeça são aquelas ligadas à moda, viagens e tecnologia. Pois a Lincoln Electric, uma empresa global especializada em soldagem, criou um programa para identificar influenciadores que promovessem os produtos da companhia de forma espontânea.

Para tentar identificar possíveis influenciadores na área de atuação da empresa, o diretor de Marketing Craig Coffey concebeu um evento. O objetivo era reunir no espaço industrial da Lincoln Electric influenciadores, palestrantes e criadores – nas áreas de soldagem, ferraria e carpintaria – que eram ou gostariam de ser criadores de conteúdo.

O evento teve turmas voltadas a potenciais influenciadores com o objetivo de aumentarem, por exemplo, sua presença digital. Além disso, o evento teve cursos intensivos de marcenaria, soldagem e ferraria. Patrocinadores e professores ajudaram os pagantes a aperfeiçoar suas habilidades em seu ofício ou se aventurar em outra área.

Ao expandir o foco do evento para além da área de atuação da Lincoln (soldagem), o evento conseguiu atrair soldadores que desejam aprender outro ofício e com isso construir um público maior.

“A soldagem funciona bem com muitas outras coisas. Quer se trate de têxteis – por exemplo, uma cadeira de metal soldada com um assento de couro – ou madeira – uma mesa com tampo de madeira e uma base de metal. As pessoas compartimentam essas coisas em vez de pensar nisso como “Podemos começar a mostrar como essas coisas podem funcionar juntas”, afirmou Craig.

Mas o que essa estratégia tem a ver com Brand Publishing? Tudo. Primeiro que o evento deu origem a uma marca produtora de conteúdo. Fotos e vídeos do evento são postadas no Instagram. Segundo, conteúdos produzidos por influenciadores são compartilhados nas mídias sociais da empresa. Dessa forma, a empresa tem material por um ano para iniciar conversas sobre seu tópico de interesse.

Jess Crow foi uma das influenciadoras que compartilhou material sobre o evento espontaneamente

Outra semelhança é ter lançado mão de um evento para gerar awareness e ponteciais negócios. Outros cases de Brand Publishing, como o Open Forum, da Amex, lançaram mão de eventos para gerar leads e negócios.

Craig diz que considerará o evento um sucesso se a empresa aumentar as vendas. Isso também tem relação com o Brand Publishing, que vai além do hype de criação de conteúdo, mas o faz de forma sustentável e sempre com o objetivo de negócios.

Se você tem interesse em saber sobre como as marcas podem se estabelecer como publishers, assine nossa newsletter e receba o melhor conteúdo sobre Brand Publishing.