Barões


Brand Publishing ganha aulão na ESPM

Coordenada pela professora Martha Terenzzo, aula de Brand Publishing na ESPM mostra que futuros profissionais entendem o momento de rearranjo do mercado

12 de junho de 2019

Redação

Aproximadamente 250 alunos do curso de graduação em Comunicação da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-SP) assistiram no último sábado (8) uma aula de Brand Publishing e marcas como produtoras de conteúdo ministrada pelo diretor-executivo da Barões Digital Publishing, Paulo Henrique Ferreira.

Paulo Henrique Ferreira, diretor-executivo da Barões Digital Publishing

Segundo ele, a aula de Brand Publishing foi um momento muito produtivo e intenso. “Os futuros profissionais já enxergam, claramente, o momento de rearranjo no mercado de comunicação e mídia. Como na canção do REM, que concluiu o papo: “it’s the end of the world as we know it (and I feel fine)”, pontuou.

O convite foi feito pela professora Martha Terenzzo, que leciona na ESPM e FIAP e tem 25 anos de estrada. A profissional vem se engajando nos últimos anos na transformação das marcas em produtoras de conteúdo. Além disso, é diretora da consultoria Inova 360°.

Martha Terenzzo

Diretora da Inova 360º e professora da ESPM e FIAP

Para Martha, os alunos presentes à aula entenderam o Brand Publishing como um caminho para as marcas se aproximarem da sua audiência. “Temos um contexto hoje completamente diferente de 40 anos atrás na Comunicação. Saímos de um mundo global para um mundo digital. Nesse mundo global, as coisas tinham uma certa sequência. E é isso que nos traz ao Brand Publishing. Se colocarmos que o grande desafio das marcas é a economia da atenção, o Brand Publishing é um dos caminhos para elas terem um território de fala mais aderente à sua audiência”, pontua Martha.

Há cinco anos, ela montou um curso eletivo na faculdade chamado “As marcas como produtoras de conteúdo e entretenimento”. A demanda foi tanta que a disciplina virou obrigatória. Sendo assim, Martha vê na educação um dos principais instrumentos para estruturar o mercado de Comunicação.

A parceria com a ESPM não deve ficar por aí. Está previsto para o segundo semestre um fórum conjunto entre a Barões Digital Publishing e a universidade. O objetivo é adotar o tópico de uma forma mais aprofundada, com a participação de profissionais do mercado.

A Barões Digital Publishing – uma das pioneiras desta prática no mercado brasileiro – sempre enxergou que as marcas relevantes virariam publishers e isso tem acontecido. A Barões foi fundada em 2017 justamente para ajudar as marcas neste desafio. E tem sido muito bem sucedida até aqui, junto a marcas relevantes de diferentes segmentos.