Barões


Nascido do Brand Publishing, movimento Shop Small, da AmEx, completa 10 anos

Campanha global é um desdobramento do Small Business Saturday, evento criado também há uma década pela bandeira de cartões de crédito, após o sucesso de seu hub de conteúdo B2B voltado para os pequenos negócios nos EUA

21 de novembro de 2019

Redação

Se existisse um dicionário de Brand Publishing, o case da American Express certamente apareceria como um dos principais sinônimos da palavra benchmarking. Em 2007, a empresa de serviços financeiros, mundialmente conhecida por sua bandeira de cartão de crédito, lançou o portal de conteúdo Open Forum, com o objetivo de se estabelecer no segmento B2B para pequenas empresas. O sucesso da empreitada foi tão grande que, apenas três anos depois, a AmEx criou o “Small Business Saturday”, no sábado seguinte ao feriado de Ação de Graças. E a poucos dias de sua décima edição, que acontece em 30 de novembro, divulga um número impressionante: uma estimativa de US$ 103 bilhões em vendas nos nove sábados dos anos anteriores somados.

Shop Small

O Small Business Saturday foi criado para apoiar comunidades locais e incentivar os norte-americanos a fazer compras em empresas de propriedade independente. Junto com o evento, nascia também o movimento “Shop Small“, que em 2019 também chega ao seu décimo ano de existência. 

Propositalmente marcado para acontecer um dia após a tradicional Black Friday, que já movimentava as grandes redes de varejo havia algumas décadas, o Small Business Saturday foi grande sucesso em seu primeiro ano. E já no ano seguinte, as autoridades locais em todo o país se movimentaram na promoção da data. 

Além disso, em 2011 o Senado norte-americano aprovou, por unanimidade, uma resolução em apoio ao dia. Com participação de todos os 50 estados e reconhecimento oficial da Presidência da República.

Movimento global

Em 2013, o movimento Shop Small, uma marca registrada da American Express, acabou se espalhando para vários outros países, como Canadá, Austrália e Reino Unido. E se tornou algo global.

E tudo começou com um hub de conteúdo, lá em 2007, chamado Open Forum. O portal evoluiu e, em novembro de 2018, mudou de nome para Business Trends & Insights. Mas segue como uma referência para o pequeno varejista, ao oferecer notícias, newsletters e pesquisas que interessam diretamente ao empreendedor. Dentro dos temas abordados estão gestão financeira, produtividade, crescimento, recursos humanos, entre outros.

Brand Publishing como começo de tudo

O caso de sucesso mostra como um projeto de Brand Publishing pode se desdobrar, de forma legítima e exequível, em outros formatos potentes (como um evento anual, de âmbito nacional). E conquistar, pela autoridade e legitimidade, uma posição de formador de opinião que extrapola a capacidade nominal de qualquer verba de marketing. Por maior que seja a empresa.

O OpenForum – agora Business Trends & Insights –  e seus desdobramentos de extremo sucesso certamente estão entre as maiores inspirações para qualquer profissional do ramo do Brand Publishing.

A Barões Digital Publishing – uma das pioneiras desta prática no mercado brasileiro – sempre enxergou que as marcas relevantes virariam publishers e isso tem acontecido. A Barões foi fundada em 2017 justamente para ajudar as marcas neste desafio. E tem sido muito bem sucedida até aqui, junto a marcas relevantes de diferentes segmentos.