Barões
analise-de-dados

Google aponta para futuro com menos campanhas e mais estratégia, plataforma e estruturação

Diretrizes como privacidade, mensuração e automação mostram como a gigante da tecnologia anda em linha com a consistência que o Brand Publishing oferece às marcas

6 de agosto de 2021

Quem trabalha em agência de publicidade sabe que a toada nunca foi fácil da porta do escritório para dentro. E, muitas vezes, até da porta para fora. Além dos horários normais de expediente, os momentos de lazer e descanso nos sábados, domingos, feriados e noites de sexta, costumeiramente, são riscados do calendário pelos profissionais do ramo. O motivo: campanhas, campanhas e mais campanhas. A velha busca pelo impacto, pelo estardalhaço, típicas da ultrapassada “Sociedade do Espetáculo” do Século XX, que tornam o mercado publicitário uma verdadeira máquina de moer pessoas. Sem estruturação, sem consistência e sem estratégia. 

No início de agosto de 2021, conforme destacou o Meio & Mensagem, a Federação Nacional das Agências de Propaganda (FENAPRO), Associação Brasileira de Agências de Publicidade (ABAP) e Associação Brasileira de Agentes Digitais (ABRADI) deram início a uma ação coordenada para levantar um debate e alertar o mercado publicitário sobre o impacto de demandas excessivas por parte dos clientes, que andam causando uma grande sobrecarga nas equipes das agências, inclusive fora do horário útil de trabalho, algo que se intensificou durante a pandemia de Covid-19.

Novas diretrizes do Google passam por privacidade, mensuração e automação

Mas sabe quem está de olho nisso, mesmo que indiretamente? O Google. Ok, não dá para afirmar que a preocupação seja com a vida pessoal e a carga extra de trabalho dos publicitários. Ou talvez até seja um pouco. Mas o fato é que a empresa está preocupada com eficiência. E isso passa por menos campanhas e mais estratégia. Em resumo: passa por estruturação.

Jerry Dischler, VP de Plataformas de Anúncios e Serviços do Google (Foto: Divulgação)

Em uma live realizada recentemente, evento batizado de Google Marketing Livestream 2021, o Vice-Presidente de Plataformas de Anúncios e Serviços do Google, Jerry Dischler, anunciou novos produtos e apontou as diretrizes que passaram a se tornar molas mestras de sua estratégia de um ano para cá: privacidade, mensuração e automação.

Resumo do Google Marketing Livestream 2021

Pilares do Brand Publishing

Esses três pilares, no fim das contas, fazem parte de um pacote que o Diretor Executivo da Barões Digital Publishing, Paulo Henrique Ferreira, sempre aponta como o presente e o futuro para a comunicação digital das marcas: a estruturação de uma mídia proprietária. 

Em entrevista recente para o Brand Publishing Brasil, o executivo da Barões falou sobre as décadas de investimentos errados em comunicação digital por parte das empresas, justamente por conta da dicotomia entre a mentalidade de anunciantes das marcas, que ainda apostam em campanhas, em contraponto à consistência de um trabalho bem estruturado e com estratégia, como é um projeto de Brand Publishing.

“As marcas precisam mais estruturar os seus esforços de comunicação do que sair colocando dinheiro em campanhas”, afirma PH Ferreira.

Fim dos cookies de terceiros

Recentemente, o Google anunciou o fim do uso de cookies de terceiros no Google Chrome e o lançamento da solução Privacy Sandbox, o que torna os dados primários um dos bens mais valiosos para uma marca no ambiente digital. 

Em entrevista ao Meio & Mensagem, por conta do Google Marketing Livestream 2021, Jerry Dischler falou sobre como os assuntos relacionados à privacidade têm sido recebido pelos anunciantes e quais desafios eles terão diante dessa nova realidade “cookieless”.

“Da mesma forma, há certos anunciantes e certas agências que dizem “sim, este é o futuro da publicidade”. E há outros que demonstram apreensão, mas agora sabe o que estou ouvindo mais que qualquer outra coisa? Que o mercado está saudoso da época que eles costumavam fazer marketing. Hoje, eles pensam que estão se tornando especialistas em LGPD, GDPR, etc. Essa é a razão pela qual estamos confiantes. Quando construímos essas Soluções, podemos levar os profissionais a voltarem a se concentrar em fazer marketing, e isso é muito poderoso”, disse Dischler ao Meio & Mensagem.

Se você tem interesse em saber sobre como as marcas podem se estabelecer como publishers, assine nossa newsletter e receba o melhor conteúdo sobre Brand Publishing.